Manhattan x Maratham

Textos

INTANGÍVEIS QUE NOS TANGE
(Republicado com alterações)
Somos como bestas tangidas, não pelo aguilhão do vaqueiro, mas pelas coisas intangíveis. A saudade é intangível, você não pode tocá-la, mas ela nos tange, nos toca. Quando a saudade aperta, providenciamos para matá-la, arrumamos as malas e vamos para junto de quem se apartou da gente. O amor, sentimento, logo intangível, move o mundo e, de acordo com Freud, tudo que o homem faz é em razão da conquista da mulher.
A fé, a vontade, o ciúme, o amor, a vingança... são intangíveis, não se podem tocá-los, mas eles nos tangem pela vida afora. É bíblico, Jesus disse: Quem tiver a fé do tamanho de um grão de mostarda poderá mover montanhas. Os livros de auto-ajuda estão cheios de exemplos como força do pensamento positivo, basta querer com todo o coração...
Por exemplo: Neste ano que se aproxima, eu quero, de novo, ser o melhor tenista do Brasil, na minha faixa etária. As pessoas que me conhecem, quando me ouviram falar isto, acharam que eu estava louco, pois nem do meu bairro sou o melhor. Então, tive que explicar, vou querer de novo, vou sempre continuar querendo...
Brincadeira à parte, o querer é uma das maiores forças que nos tange. Outra é que  para realizar algo relevante, primeiro há que se sonhar, de preferência o sonho de olhos abertos. Tem um ditado que diz "O impossível é quase sempre aquilo que não se tentou". Eu refinaria este pensamento, dizendo, "O impossível é aquilo que não se sonhou como possível".
Antes de realizar, queira intensamente e depois sonhe, só então dê os passos para a realização. Deixe-se tangenciar pelo querer e pelo sonhar.


Defranco
Enviado por Defranco em 30/01/2012
Alterado em 29/09/2016
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras