Manhattan x Maratham

Textos

TROCA DE SAPATOS
Nascemos e logo ganhamos os nossos primeiros sapatos, que normalmente são de lã tricotada pela madrinha (em tempos áureos), que duram até deixarmos de engatinhar. Depois, podemos usar botinhas e se tivermos pés chatos botas ortopédicas para correção. Lá em Londrina - PR, terra vermelha, tínhamos os sapatos de amassar barro e que trocávamos por mais novos ao chegar às ruas asfaltadas. Os sapatos de "Ver Deus" usados nas missas e cultos de domingo, sapatos novos, duros e rangedores, que alívio quando são trocados pelos macios sapatos velhos. Pela vida seguimos trocando de sapatos conforme a necessidade e conveniência, ora usamos sapatilhas ora chuteiras. Se cultivarmos a terra o melhor adubo são as pegadas das botinas do dono. O criador de gado no triângulo mineiro se identifica pela bota de cano alto, se nos pampas a de cano sanfonado. O executivo da urb o sapato de bico fino, o estudante o tênis. Sapatos novos para casar. Não se herda sapatos do irmão mais velho como as roupas, usamos - os até que se furem, antigamente colocava-se a meia sola, hoje pouco se faz.

Alguns ditados podem ou tem os equivalentes conforme o sapato:
  - Dançar conforme a musica, poderia ser - usar o sapato conforme o terreno;
  -Eles se acham – entraram de salto alto;
  - Não julgue sem conhecer todas as condições – Não julgue sem antes andar léguas com os sapatos dele.

Sapatos de mulher, este é um capitulo a parte, derruba todas as minhas teorias, um sapato para cada cor de vestido.
Andamos pela vida toda trocando de sapatos, mas prefiro quando estou sem eles.
Defranco
Enviado por Defranco em 10/07/2011
Alterado em 26/02/2016
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras